Bugatti Veyron




Já se sabia, desde que foi lançado, que o Veyron teria produção limitada a apenas 300 unidades। Também é de conhecimento dos mais assíduos leitores que a Bugatti trabalha em um respeitável sucessor para o antigo detentor do recorde mundial de velocidade (para um veículo de produção em série). No mês passado, o que seria um documento oficial vazou sugerindo que a empresa ítalo-francesa lançaria um veículo mais potente (cerca de 1.200 cv) e veloz (final de 435 km/h) que o Veyron. Mas o que se sabe é que a Bugatti também trabalha em um outro modelo: um sedan de luxo que chegaria logo depois do cupê superesportivo.